31 de agosto de 2012

Resultado - Concurso Internacional de Microcontos 'Conto Minguante'- Quaderni Ibero Americani

1º LUGAR:
"Espanhola"
Marcela Aparecida Ribeiro Ferreira (Poetisa Errante)


2º LUGAR:
"Peixe Podre"
Therlanderson Gley Alves (Alonso Quijano)


3º LUGAR:
"Kindengarten"
Gabriela Cordaro (Francesca Rimini)


Fonte:
http://microcontosqiapor.blogspot.com.br/2012/07/os-diretores-da-quaderni-ibero.html

Resultado - Prêmio Henry Evaristo de Literatura Fantástica

1º - Profanadores - Chico Pascoal

2º - Anátema - Rafael Peres

3º - O Passado volta - Verônica S. Freitas

4º - O Caminho de volta – André Soares Silva

5º - Almas Mortas - Sofia Geboorte

6º - Entre amigas - Eni Allgayer

7º - O Diabo mora nesta casa - Jorge E. Machado

8º - Manequim - Reginaldo Costa de Albuquerque

9º - Lágrimas de criança - Pedro Viana

10º - Caminhos Perigosos - Hélio Sena


Mensagem dos organizadores do concurso:
Queremos agradecer a participação dos 92 contistas que enviaram os seus textos para este evento literário. Entraremos em contato, via email, com os vencedores sobre a entrega dos livros (premiação). O ebook digital, com todos os 10 contos classificados abaixo, logo será publicado aqui no site também para que todos possam apreciar. A estimativa para a publicação do ebook (pdf/epub/mobi) é de 10 a 20 dias.


Fonte:

15.09.2012 - Prorrogado - III Concurso Cepe de Literatura Infantil e Juvenil

Informações:
a) Concurso de Livros Inéditos
b) Categorias: Infantil (textos destinados a público entre 6 e 10 anos / Juvenil (para público entre 11 e 16 anos)

Premiação:
I) Em cada categoria: 1º - R$8.000,00 / 2º - R$5.000,00 / 3º - R$3.000,00

Prazo: Prorrogado até 15 de Setembro de 2012
http://www.cepe.com.br/index.php/noticias/1-noticias/49-prorrogadas-ate-15-de-setembro-as-inscricoes-ao-iii-concurso-cepe-de-literatura-infantil-e-juvenil

Organização:
Companhia Editora de Pernambuco

Contato dos Organizadores:
http://www.cepe.com.br/index.php/central-do-cliente/fale-conosco


Regulamento:


A Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) abre inscrições para o III Concurso Cepe de Literatura Infantil e Juvenil, ao qual poderão concorrer brasileiros e estrangeiros legalizados, residentes no território nacional, de qualquer idade. Os textos da modalidade Infantil são destinados a leitores de seis a 10 anos de idade e os da modalidade Juvenil são para adolescentes entre 11 e 16 anos. Os interessados poderão se inscrever nas duas modalidades de premiação. Os prêmios serão de R$ 8 mil para o primeiro colocado de cada categoria; R$ 5 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro. A comissão julgadora será composta de cinco membros, entre especialistas em literatura infantojuvenil e profissionais das áreas de educação e cultura.

REGULAMENTO

1. A participação está aberta a todos os brasileiros natos e naturalizados, residentes no território nacional. Funcionários da Cepe e seus parentes em primeiro grau não poderão participar.

2. Haverá duas categorias de inscrição:
- Infantil (os textos apresentados devem se destinar ao leitor entre 6 e 10 anos).
- Juvenil (os textos apresentados devem se destinar ao leitor entre 11 e 16 anos).

3. Cada participante poderá concorrer nas duas categorias, sem limite para o número de obras inscritas.

4. As inscrições estarão abertas de 01/06/2012 a 30/08/2012, sendo considerada a data de postagem das obras nos Correios.

5. Os textos deverão ser endereçados à Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, Rua Coelho Leite, 530, Santo Amaro – Recife – PE – CEP: 50100-140.

6. Os textos deverão ser inéditos e escritos em língua portuguesa. Entende-se por inédito o texto não editado e não publicado (parcialmente ou em sua totalidade) em antologias, coletâneas, suplementos literários, jornais, revistas, sites e qualquer outra publicação.

7. Os interessados podem inscrever obras em qualquer gênero (teatro, poesia, contos, romance etc), com tema e quantidade de páginas livres.

8. A identificação do candidato deverá ser feita por meio de pseudônimo, que deverá constar em todas as cópias da obra inscrita. Paralelamente, em envelope lacrado e identificado com o pseudônimo, o participante deverá apresentar seus dados pessoais (nome completo, endereço, telefone, e-mail, número de RG e CPF, profissão).

9. O candidato deverá enviar cinco cópias de cada obra, obedecendo à seguinte formatação: Word, fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento duplo. Páginas numeradas e impressas em papel carta ou A4, grampeadas ou encadernadas.

10. Poderão ser inscritas obras com ilustrações já inseridas, porém apenas o texto será julgado. Havendo publicação da obra, a diretoria da Cepe poderá optar por ilustrá-la segundo critérios próprios de editoração.

11. Os originais em desacordo com essas normas serão desclassificados.

12. A comissão julgadora, composta de cinco membros, será nomeada pela diretoria da Cepe, sendo formada por especialistas em literatura infantojuvenil e profissionais das áreas de educação e cultura. A composição do júri será mantida em segredo até a nomeação dos vencedores do concurso.

13. A decisão da comissão é irrevogável. O anúncio do resultado será publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco, no Portal da Cepe e em veículos midiáticos.

14. O primeiro colocado de cada categoria receberá um prêmio de R$ 8.000,00 (oito mil reais); o segundo colocado, R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e o terceiro, R$ 3.000,00 (três mil reais).

15. A Companhia Editora de Pernambuco – Cepe terá exclusividade na edição das obras vencedoras. Poderá, também, manifestar interesse pela edição de trabalhos não premiados no concurso, recomendados pela comissão julgadora. Assim, durante o prazo de 10 meses, a contar da data de divulgação dos resultados do concurso, poderá haver contato com os autores de obras recomendadas pela comissão julgadora, visando adquirir os direitos de publicação.

16. A Companhia Editora de Pernambuco – Cepe poderá decidir pela não publicação das obras premiadas. Neste caso, os vencedores serão comunicados oficialmente pela Cepe da decisão, ficando desobrigados da cláusula de exclusividade de edição.

17. Os textos e demais documentos entregues à Cepe não serão devolvidos.

18. A apresentação de obras para participar do III Concurso Cepe de Literatura Infantil e Juvenil implica no total acordo às normas aqui expressas.

30 de agosto de 2012

Concursos Literários no site Pra Ler - Parte 2


O Pra Ler - que conta com um site e um programa de rádio, que é veiculado toda quinta-feira, às 16:15, na Rádio UFMG Educativa (104,5 FM ou www.ufmg.br/radio) - está publicando uma série sobre Concursos Literários.

Ontem saiu a segunda de três partes, que segue no link abaixo, e nós publicaremos também as sequências:






[Série] Concursos literários – Gêneros Diversos
Escrito por Julia Marques
29 de agosto de 2012
Veja também: Concursos literários - Atrás dos pseudônimos

Basta um pequeno passeio pelos editais dos concursos literários para saber que eles não são, nem de longe, iguais. As diferenças vão desde a nascente – quem patrocina – até a foz – a forma de entrega da premiação. Nesse percurso, existem ainda muitos meandros.

De acordo com Rodrigo Domit, editor do blog Concursos Literários, as maiores fontes patrocinadoras de concursos no país são estatais, como prefeituras, secretarias de cultura, fundações culturais e bibliotecas públicas; ou paraestatais, como o Serviço Social do Comércio (Sesc). Em seguida, no ranking dos que mais promovem esse tipo de atividade, estão as instituições literárias ou relacionadas à literatura, como as academias de letras, editoras, livrarias e revistas.

As regras para a participação também variam muito. Concursos como o Jabuti – o mais importante prêmio literário do Brasil, lançado em 1959 – não premiam autores inéditos, mas sim obras já publicadas. Outros, ao contrário, exigem que o texto ainda não tenha circulado no meio literário, o que significa que a obra não pode ter sido impressa ou até mesmo disponibilizada para leitura em blogs ou sites.

Troféu do Prêmio Jabuti, por Danilo Máximo

Para alguns editais, é possível tirar da gaveta um poema ou um conto antigo e participar. Outros exigem um esforço maior: é preciso ter não só uma, mas sim um livro inteiro de poesias antes de se inscrever. Para os que têm bom poder de síntese, já existem concursos próprios para os microblogs, como o que a Academia Brasileira de Letras lançou em 2010. A exigência era fazer um microconto com apenas 140 caracteres, um tweet.

Os gêneros literários premiados também variam inclusive em um mesmo concurso. É o caso, por exemplo, do Prêmio Literário Livraria Asabeça, organizado pela Editora Scortecci. “A cada ano, o Prêmio é organizado e planejado de uma forma diferente. Esse ano ele está contemplando livro de poesia e livro de contos. Ano que vem vai ser uma novela e um romance”, anuncia o editor responsável pelo certame, João Scortecci. O prêmio da Asabeça é a publicação do livro. Outros concursos dão quantias em dinheiro e existem aqueles que garantem, ao contrário, bons gastos.

Prêmio que não é prêmio
“Verdadeiros estelionatários, que cobram pela inscrição, pela publicação e, em alguns casos, não chegam nem a entregar a obra”. Assim o editor do blog Concursos Literários caracteriza os prêmios conhecidos pelos escritores como caça-níqueis. Para evitar que autores iniciantes caiam nesse tipo de armadilha, o blog não divulga concursos que cobrem taxa de inscrição.

O escritor Rafael Clodomiro foi vencedor do prêmio UFF de Literatura, da Universidade Federal Fluminense, em 2009, na categoria Poesia. Na comunidade do Clube dos Autores, ele organizou um fórum só para debater os concursos literários com outros escritores. Rafael aconselha que os autores iniciantes tenham atenção especial aos concursos que cobram taxas. “É nestes que estão os maiores problemas. Logicamente, quando você paga alguma coisa, você espera um retorno muito bom, principalmente na premiação, avaliação e divulgação. E, se um desses quesitos não acontece, os autores se sentem frustrados”, explica.

Mas a taxa de inscrição pode não ser um indicativo absoluto da má qualidade. Concursos considerados sérios, como o Jabuti, fazem esse tipo de cobrança e estão longe de serem estelionatários. Para o escritor Alexandre Lobão, que dá dicas a autores em seu site, é preciso, mais do que verificar se há taxas, olhar para o histórico da entidade que promove o concurso e avaliar os editais. Se a promessa é publicar uma coletânea custeada pelos próprios autores, pode não valer muito a pena. Alexandre destaca, entretanto, que mesmo os concursos considerados caça-níqueis podem não ser uma roubada tão grande quanto parecem. “Às vezes o cara é um autor inédito, quer publicar o trabalho dele. Ele entra lá, gasta de repente 30 reais para fazer uma inscrição. Se ele for selecionado vai ser um trabalho dele, por mais que seja uma coisa que digamos não é muito séria, reconhecida”, pondera.

29 de agosto de 2012

Resultado - XX Concurso de Poesia e Prosa da Academia de Letras de São João da Boa Vista

POESIA – PRÊMIO EMÍLIO LANSAC THOA

Infantil – até 12 anos

1º LUGAR – “O TEMPO” – Marina Macedo Romera – São João da Boa Vista- SP – Anglo Ensino
Fundamental
2º LUGAR – “INFÂNCIA”- Lara Mauro de Araújo – São João da Boa Vista-SP- Anglo Ensino
Fundamental
3º LUGAR- “O PENSAMENTO”- João Henrique Gião – São João da Boa Vista- SP- Anglo Ensino
Fundamental


Juvenil- 13 a 18 anos

1º LUGAR- “MUNDO DAS PALAVRAS”- Juliano da Silva Damas Júnior- São João da Boa Vista-SP-
Colégio Experimental Integrado
2º LUGAR- “UM PAÍS HISTÓRICO CHAMADO BRASIL”- Matheus Lucas de Arruda Camara-
Cantagalo-RJ
3º LUGAR- “MASOQUISMO”- Paula Cardella Amaral – São João da Boa Vista-SP- Anglo Ensino
Fundamental


Adulto – 19 a 59 anos

1º LUGAR- “VOCÊ VAI FICANDO EM MIM”- José Leite da Silva – Florianópolis-SC
2º LUGAR- “NEBLINA DA SERRA”- Rubens Luíz Sartori- Campo Mourão-PR
3º LUGAR- “A POESIA DOS TEMPOS” – Marcelo Augusto Araújo de Oliveira- São Paulo-SP


PREMIO ESPECIAL – OTÁVIO PEREIRA LEITE – MAIORES DE 60 ANOS

1º LUGAR- “POR QUEM OS SINOS DOBRAM”- Luzia Terezinha de Brito Vacari- Campinas-SP
2º LUGAR – “ARTE HUMANA, ARTE DIVINA”- Edileuza Bezerra de Lima Longo- São Paulo-SP
3º LUGAR-“PALCOS DA VIDA”- Nilton Silveira- Porto Alegre-RS



PROSA- PRÊMIO FÁBIO DE CARVALHO NORONHA

Infantil – até 12 anos

1º LUGAR- “CHEIRINHO DE MINHA INFÂNCIA”- Rebeca de Almeida Borges – São João da Boa
Vista-SP- Escola SESI- 156
2º LUGAR –“MEU MELHOR AMIGO”- Maria Eduarda do Prado Matheus- São João da Boa Vista-
SP- Anglo Ensino Fundamental
2º LUGAR - “TARDE MISTERIOSA”- Lara Mauro de Araújo- São João da Boa Vista-SP- Anglo
Ensino Fundamental
3º LUGAR- A FLOR QUE NUNCA BROTAVA”- Luiza Arantes Jacinto – São João da Boa Vista-
Anglo Ensino Fundamental


Juvenil- 13 a 18 anos

1º LUGAR – A PROVA DOS OITO” – Matheus Lianda – São João da Boa Vista- SP - Colégio
Objetivo
2º LUGAR-“ÚLTIMO FRAGMENTO”- Larissa Gulin Gazato- São João da Boa Vista-SP- Escola SESI
156
3º LUGAR-“TUDO POR UM SONHO”- Flávia Lemes Gamba – São João da Boa Vista- Escola SESI
156


Adulto - de 19 a 59 anos

1º LUGAR- “ DOIS MOMENTOS”- Elias Araújo- Américo Brasiliense-SP-
2º LUGAR-“HOMEM DOBRANDO A ESQUINA”- Gilberto Garcia da Silva- Praia Grande-SP
3º LUGAR- “ UM PIANO E UMA XÍCARA DE CHÁ”- Gustavo Fontes Rodrigues- São Paulo-SP


PRÊMIO ESPECIAL OTÁVIO PEREIRA LEITE – Maiores de 60 anos

1º LUGAR- “IDENTIDADE E CPF”- Renato Vieira Ostrowski- Campo Magro –PR
2º LUGAR-“O RETORNO”- Maria Apparecida S. Coquemala- Itararé – SP
3º LUGAR-“CONFISSÕES ÍNTIMAS”- Luiz Alberto de Almeida Magalhães-Belo Horizonte- MG


Fonte:
Recebido por e-mail - academiadeletras@alsjbv.com.br

Edital:

28 de agosto de 2012

Resultado - III Concurso de Poesias do IHB - 2012

MODALIDADE : SONETO
Tema: Homeopatia

1º Lugar
Poesia: Homeopatia
Pseudônimo: Cavaleiro de Cervantes
Autor: André Luís Soares
Guarapari - Espírito Santo

2º Lugar
Poesia: Amor Homeopático
Psedônimo:Eu sou apenas um rapaz latino Americano.
Autor: Deidimar Alves Brissi
Américo Campos - São Paulo

3º Lugar
Poesia: Vidrinhos com Tarjas-Latim
Pseudônimo: Dr.Jekyl & Mr.Hyde
Autor: Ana Cristina Mendes Gomes
São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro


Menções Honrosas

1) Poesia: HOMEO PACIENS Pseudônimo : Bell Praser
Autor: Ana Paula de Oliveira Pinto
Mogi das Cruzes - São Paulo
2) Poesia: ALMOFARIZ AETERNUM
Pseudônimo: Samuel Galeno
Autor: Peterson Martins Alves Araújo
Camboinha/Cabedelo - Paraíba
3) Poesia: HOMEOPATIA MEDICINAL
Pseudônimo: Mila Aurora
Autor: Ruth Hellmann
Campo Dourado - Mato Grosso do Sul



MODALIDADE : POESIA LIVRE
Tema: Homeopatia

1º Lugar
Poesia: Similia Similius Curantur
Pseudônimo: Jorge Mahmet
Autor: André Telucczu Kondo
Caraguatatuba - São Paulo

2º lugar
Poesia: Pulsatilla
Pseudônimo: Flora nigricans
Autor: Denise Espiúca
Rio de Janeiro - RJ

3º lugar
Poesia: Saudação à Homeopatia
Pseudônimo: Gaia
Autor: Enilce dos Santos Berquó
Rio de Janeiro - RJ


Menções honrosas

1) Poesia: O Caminho
Pseudônimo: Regina Vilarinho
Autor: Ana Casanova
Queijas - Portugal
2)Poesia: Similia Similibus Curantur
Pseudônimo: AGNI
Autor: Eliuda dos Santos Berquó
Rio de Janeiro - RJ
3) Poesia: Encontro
Pseudônimo: AB
Autor: Ana Lúcia Castelo Branco
Rio de Janeiro- RJ



Comissão julgadora:

1)Benedita Silva de Azevedo
Presidente da APALA - Academia Pan Americana de Letras e Artes - RJ
2)Djalda Winter Santos
Vice-Presidente de Cultura da UBT - União Brasileira de Trovadores - RJ.
3)Marilza Albuquerque
Presidente do IBRACI - Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais - RJ
4)Valtes Estelita dos Santos.
Médico Homeopta - Membro Titular da Sociedade Brasileira dos Médicos Escritores - SOBRAMES
Cabo Frio- RJ.

A Comissão Organizadora do III Concurso de Poesias do IHB, agradece a todos os participantes.


Fonte:
http://www.ihb.org.br/interna.asp?p=saladeimprensa&oI=1&idA=31


Edital:
http://concursos-literarios.blogspot.com.br/2012/04/15072012-iii-concurso-de-poesias-do-ihb.html

Resultado - Concurso Cultural "Poesia Urbana" - UNIFEBE

A Pró-Reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unifebe comunica e divulga
os 20 (vinte) participantes escolhidos com os melhores poemas para receber como prêmio e a título de Direito Autoral, menção honrosa por meio de certificado e selecionados para recitar seus poemas na cerimônia de entrega dos certificados e terem seus poemas expostos em banners, em exposição itinerante:

1. ALCINO MÜLLER (SC)
2. ANA CAROLINA PERES BATISTA (SC)
3. ANDRÉ FELIPE SOARES FOLTRAN (SP)
4. ANDRÉ LUÍS SOARES (ES)
5. ANDRÉ MARCOS VIEIRA SOLTAU (SC)
6. DOUGLAS RICARDO GRUBEL (SC)
7. FELIPE BELOTTO SANTOS (SC)
8. GLAUCO PALUDO GAZONI (SC)
9. JACQUELINE LOPES SALGADO SOARES (MG)
10. JORGE LANDER KENWORTHY (SP)
11. JUSSÁRA C. GODINHO (RS)
12. KARLINE DA COSTA BATISTA (CE)
13. KLEBER BORDINHÃO (PR)
14. LUDMILA RÉGIS RODRIGUES DE SOUZA (BA)
15. MARCIO DISON (SC)
16. PÉTILIN ASSIS DE SOUZA (SP)
17. RAFAEL LEOPOLDO ANTONIO DOS SANTOS FERREIRA (MG)
18. SARA MEYNARD BEGNAME (MG)
19. SÉRGIO EDVALDO ALVES (SP)
20. SOLANGE FIRMINO DE SOUZA (RJ)

Fonte:
http://www.unifebe.edu.br/site/docs/arquivos/atosoficiais/proppex/2012/comunicado_proppex292012.pdf

------------------------------


A Pró-Reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unifebe comunica e divulga os autores dos 10 (dez) poemas sorteados para impressão em sacos de pães distribuídos em panificadoras de Brusque, vinculadas ao Núcleo de Panificadoras da Associação Empresarial de Brusque-ACIBr.

1. ALCINO MÜLLER (SC)
2. ANDRÉ MARCOS VIEIRA SOLTAU (SC)
3. DOUGLAS RICARDO GRUBEL (SC)
4. FELIPE BELOTTO SANTOS (SC)
5. JACQUELINE LOPES SALGADO SOARES (MG)
6. JORGE LANDER KENWORTHY (SP)
7. JUSSÁRA C. GODINHO (RS)
8. KLEBER BORDINHÃO (PR)
9. LUDMILA RÉGIS RODRIGUES DE SOUZA (BA)

Concursos Literários no site Pra Ler


O Pra Ler - que conta com um site e um programa de rádio, que é veiculado toda quinta-feira, às 16:15, na Rádio UFMG Educativa (104,5 FM ou www.ufmg.br/radio) - está publicando uma série sobre Concursos Literários.

Hoje saiu a primeira de três partes, que segue no link abaixo, e nós publicaremos também as sequências:






[Série] Concursos literários – Atrás dos pseudônimos
Escrito por Julia Marques
27 de agosto de 2012

No último dia de 1937, um jovem de 29 anos, escondido pelo pseudônimo Viator, apostava suas fichas em um calhamaço com mais de 500 páginas de contos datilografados para um concurso literário. O prêmio era bom: a publicação do livro pela Editora José Olympio, tradicional editora brasileira e pertencente ao Grupo Record desde 2001. Depois de descartar obras “menos sólidas”, uma comissão julgadora formada por ninguém menos que Prudente de Morais, Dias da Costa, Peregrino Junior, Marques Rebelo e Graciliano Ramos enfrentou a difícil missão de permanecer unida após o concurso. Entre os finalistas, estava a obra do desconhecido Viator e outra coletânea de contos muito mais enxuta, de Luiz Jardim, um veterano em prêmios literários.

Quase se estapearam na hora de decidir entre os dois. Graciliano quis o livro menor. Dias da Costa, também. Insatisfeito, Marques Rebelo “gritou, espumou, fez um número excessivo de piruetas ferozes” – como esclareceria o próprio colega Graciliano anos depois – e deu seu voto para Viator. Prudente foi atrás. Peregrino foi quem decidiu. Venceram a democracia e o livro Marias perigosas, de Luiz Jardim. Nove anos mais tarde, Viator lançou seu livro pela Editora Universal, no Rio de Janeiro. A primeira edição de Sagarana em poucos dias se esgotou e um novo autor começava a chamar atenção no meio literário: João Guimarães Rosa.

Primeira edição de Sagarana

Mais de 70 anos se passaram desde que essa história aconteceu, mas ainda hoje as editoras buscam a via do concurso literário para descobrirem bons autores. Também não é raro que os julgadores gritem e espumem, assim como fez Marques Rebelo, para darem a vitória ao livro que mais lhes agradou. E no mundo à parte dos concursos literários, atrás de seus pseudônimos, os autores se movimentam em busca de fazer conhecida a sua verdadeira identidade. Poucos conseguem, outros tantos permanecem Viatores.

Tour pelos prêmios

Concursos literários existem há muitas décadas no Brasil, mas talvez o Prêmio Humberto de Campos, do qual Guimarães Rosa participou, não fosse tão concorrido quanto o são hoje outras competições literárias até menos tradicionais. De uns anos pra cá, com a popularização da internet, concursos que já existiam ganharam uma maior divulgação. O editor do blog Concursos Literários, Rodrigo Domit, explica que após a criação das redes sociais e suas comunidades, ficou mais fácil encontrar pessoas com interesses comuns e dispostas a compartilhar conteúdo. “Acredito que a comunidade ‘Concursos Literários’ no Orkut, no ar desde 2004, foi um marco para ampliar a divulgação de certames”, destaca.
O próprio blog de Rodrigo é um dos espaços de maior divulgação dos concursos literários. O endereço está no ar há apenas um ano e meio, mas apesar da pouca idade já dá passos grandes. Rodrigo foi quem criou o domínio, mas conta hoje com dez colaboradores, das cinco regiões do país. O objetivo é garimpar o maior número de concursos literários espalhados pelo Brasil e levar os editais ao conhecimento dos escritores. “A gente sai à caça e já fechei o mês com 48 concursos”, conta.
A maioria dos concursos literários hoje está localizada nas regiões Sudeste e Sul do país. Mas todos os estados já contaram com pelo menos um certame. Se as capitais concentram maior número de prêmios, cidades menores como Ituiutaba, em Minas Gerais, e Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, comandam a realização de premiações muito renomadas e tradicionais.

27 de agosto de 2012

Resultado - 21º Poemas no Ônibus e no Trem - Porto Alegre

Foram mais de mil poemas inscritos. Três meses para a análise do corpo de jurado, composto por Caio Riter, Jussara Rodrigues, Márcia do Canto, Sérgio Napp e Zé Caradípia.

Estes são os 57 poemas que integrarão a coletânea Poemas no Ônibus e no Trem que será lançada na Feira do Livro de Porto Alegre 2012 e que passarão a circular, a partir do ano que vem, nos coletivos da capital.

Parabéns aos selecionados!

Arrumando a Casa - ADELGICIO JOSÉ DA SILVA
Passagem - AFONSO CARAMANO
Poema no Ônibus - ALCIR ALEXANDRE CAVION
Aviso à Passageira Bonita - ALDO VOTTO
Flor do meu jardim - ALEXANDRE BERTOLAZI
Mulheres x Homens - ANA LAURA BENACHIO
Circo de um só. - ANDRE LUIS SOARES
Abandonei um Poema - ANDRE TELUCAZU KONDO
Arco e Íris - ANDREZA SILVA PEREIRA
Impressão - BÁRBARA ADRIANA SANCO
Amores Impossíveis - BRUNA LIMA PEIXOTO
Poemas de não amor 4 - CHRISTIAN DAVID
O marinheiro Benedito - DOMINGOS FABIO DOS SANTOS
O que será de nós? - FERNANDA MARI FAGUNDES FUJIHARA
Pensando nos pormenores - FERNANDA WINIEMKO VOLLINO
Olho Mágico - FERNANDO MUNIZ RIBEIRO
Casamento - FLÁVIO LUIZ PORTO E SILVA
Espelho - FRANCISCO EGÍDIO VERGARA NUNES
Um Poema - GABRIEL CAPONERA SILVA
em dias de vento - GERMANA ZANETTINI
Miragem - GUILHERME DA ROSA MACHADO
Conto Continho - HENRIQUE RIBEIRO DA SILVA
Passagem - JAINARA MARTINY
De Mansinho - JEANE BORDIGNON
Nuvens de Algodão - JÉSSICA LUSIA
Um amor de um dia só - JOANA TIEMANN GABE
No fim da linha - JOSÉ ALAMIR BUENO LOPES
Porto Amado Alegre - JOSÉ VALMIR DA COSTA
Lágrimas - L.A. KAPLETTO
Amanhã - LUIZ DE MIRANDA
Cena Urbana - LUIZ ERNANI SILVEIRA DE SOUZA
Cantiga de Abris - LUIZ GUILHERME LIBÓRIO ALVES DA SILVA
Um poema no trem - MÁRCIO FRANCISCO RODRIGUES FILHO
Silêncio - MARIA DA GRAÇA LANDELL DE MOURA
Romeu e Marieta - NÍCOLAS NARDI
Estalinhos - PERPÉTUA AMORIM
Sid and Nancy - POLIANA PAIVA
Apego - RAFAEL BELTRAME ZENATO
Olhar Distraído - RAFAEL DALL AGNESE
Marília - RAFAEL MACHADO COSTA
Haicandante - RAFAEL REGINATO
Os velhos trens - REYNALDO BESSA
Bipolar - RICARDO ALEXANDRE PEIXOTO BARBOSA
Constatado - RICARDO CORREIA
HAI CAI - RICARDO PRIMO PORTUGAL
Irremediável - RODRIGO DOMIT
Árvore Sonora - RODRIGO LADEIRA
O que molha e o que olha - RODRIGO ORNELAS FRANÇA
Tolinha - SÉRGIO LUÍS DA SILVA VARGAS
Problema da vida moderna - SILVIA FRANZ MARCUZZO
Não inverta - TERESA BEATRIZ AZAMBUYA CIBOTARI
Sobre a morte - THAIS GUIMARÃES
Time dos sonhos - TIAGO DIAS O Educado - VANDERLÉIA RIBEIRO REIS
Partida - VLADIMIR CUNHA SANTOS
Pescaria - WLADIMIR MOREIRA SANTOS
FUGA - ZAIRA CANTARELLI


Fonte:

10.09.2012 - Prorrogado - IX Prêmio Barueri de Literatura

Informações:
a) Concurso de Contos e de Poesias
b) Dividido em 4 categorias (ver Artigo 2º)

Premiação:
I) Prêmios em dinheiro
II) Publicação em coletânea



Fonte:


Organização:
Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri/SP


Regulamento:
Artigo 1º) O Prêmio Barueri de Literatura será organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo.
Parágrafo único O tema é livre e o propósito é revelar novos talentos e promover o entusiasmo pela literatura. A periodicidade do evento é anual e a ocorrência desdobrar-se-á nos meses de Julho a Novembro.
Artigo 2º) O Prêmio Barueri de Literatura consistirá em concurso de contos e poesias, subdividindo-se em quatro categorias:
§1º) Autores locais com idade de até 13 anos, 11 meses e 29 dias completada até a data da inscrição;
§2º) Autores locais com idade de 14 anos à 17 anos, 11 meses e 29 dias completada até a data da inscrição;
§3º) Autores locais com idade acima de 18 anos;
§4º) Autores não residentes em Barueri;
Artigo 3º) Os autores com idade inferior a 18 anos deverão ser representados por seus pais ou representantes legais no ato da inscrição. Para autores locais será exigida a exibição de comprovante de idade e de residência.
Artigo 4º) Os trabalhos deverão ser entregues no ato da inscrição, representando tal ato a concordância implícita dos autores com as normas do concurso, inclusive concedendo à Prefeitura Municipal de Barueri o direito de publicação dos trabalhos e assumindo total responsabilidade por plágio, cópia indevida e demais crimes previstos em lei.
Artigo 5º) Os autores poderão inscrever-se simultaneamente nas duas modalidades (contos e poesias), com no máximo 02 (dois) trabalhos em cada uma delas.
Artigo 6º) Os textos deverão ser redigidos em língua portuguesa, o que não impede a utilização de termos estrangeiros.
Artigo 7º) Na modalidade poesia, serão admitidas no máximo 3 (três) páginas para cada obra inscrita, com 3 (três) cópias, em papel branco, formato A-4 (210mm x 297mm), digitadas em corpo 14, fonte Arial ou Times New Roman, usando apenas um lado da folha.
§1º. As obras deverão conter o seu título e o texto.
§2º. Em folha à parte deverão constar dados completos do autor e, quando menor de 18 anos, também os
dados do seu representante legal (nome, endereço, telefone, número da cédula de identidade, número do CPF, e-mail, e título das obras).
Artigo 8º) Na modalidade conto, serão observados os requisitos seguintes:
I - para cada autor menor de 13 (treze) anos: inscrição de até 2 (duas) obras que contenham no máximo 3 (três) páginas, e no mínimo 1 (uma) página, com 3 (três) cópias de cada página, em papel branco, formato A-4 (210mm x 297mm), digitadas em corpo 14, fonte Arial ou Times New Roman, usando apenas um lado
da folha.
II - para cada autor da categoria de 14 (quatorze) e 17 (dezessete) anos e a categoria não residente: inscrição de até 2 (duas) obras que contenham no máximo 5 (cinco) páginas, e no mínimo 3 (três) páginas, com 3 (três) cópias de cada página, em papel branco, formato A-4 (210mm x 297mm), digitadas em corpo
14, fonte Arial ou Times New Roman, usando apenas um lado da folha.
III - para cada autor da categoria com idade acima de 18 anos e a categoria não residente: inscrição de até 2 (duas) obras que contenham no máximo 5 (cinco) páginas, e no mínimo 3 (três) páginas, com 3 (três) cópias de cada página, em papel branco, formato A-4 (210mm x 297mm), digitadas em corpo 14, fonte Arial ou Times New Roman, usando apenas um lado da folha.
§1º. As obras deverão conter o seu título e o texto.
§2º. Em folha anexa deverão constar dados completos do autor, e quando menor de 18 anos, também os
dados do seu representante (nome, endereço, telefone, número da cédula de identidade, número do CPF, e-mail, e os títulos das obras.
Artigo 9º) As inscrições terão início em 02 de Julho de 2012 e encerramento em 31 de agosto de 2012,
devendo ser feitas pessoalmente nas Bibliotecas Municipais, no Ganha Tempo – Av. Henriqueta Mendes Guerra, n° 550, Centro e no Quiosque do Bulevar- Posto de informações, Centro.
Parágrafo Único. Apenas para os autores não residentes em Barueri, as inscrições poderão ser feitas pelo Correio (Centro Cultural - A/C do Depto de Bibliotecas, Rua Mônaco, 260 – Parque Santa Luzia – Barueri – CEP 06402-120, desde que postadas até 31/08/2012.
Artigo 10º) A organização publicará, no decorrer do mês de novembro de 2013, livro-coletânea reunindo os três primeiros trabalhos de cada modalidade e categoria.
Artigo 11º) O presente regulamento valerá somente para a Edição 2012 do “Prêmio Barueri de Literatura”
Artigo 12º) A classificação final será comunicada pela imprensa local e por meio de contato telefônico, sendo ainda disponibilizada no site: www.barueri.sp.gov.br.
Artigo 13º) Não poderão participar do concurso, em quaisquer das categorias, funcionários da Secretaria
de Cultura e Turismo.
Artigo 14º) As obras inscritas não serão devolvidas pela organização.
Artigo 15º) Os casos omissos serão resolvidos conforme entendimento da Comissão Organizadora.
Artigo 16º) A decisão da Comissão Julgadora é irrecorrível.
Artigo 17º) À Comissão Organizadora fica reservado o direito de não conceder, no todo ou em parte as
premiações aludidas neste concurso, seja em função do número de inscrições e ou pelo nível qualitativo dos textos apresentados.
Artigo 18º) Os pagamentos efetuados à pessoa física sofrerão retenção de imposto de renda na fonte, nos termos da legislação em vigor.
I - Das Datas Importantes
Dia 02/07/12 – Início das inscrições;
Dia 31/08/12 – Encerramento das inscrições;
Dia 23/11/12 – Premiação no Teatro Municipal de Barueri – R. Ministro Rafael de Barros Monteiro, nº 255 – Jd. dos Camargos – Barueri – SP a partir das 19 horas;
II – Da Premiação
a) Categoria autores locais com idade de até 13 anos, 11 meses e 29 dias completados até a data da inscrição:
1) Conto:
- 1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$1500,00 (Hum mil e quinhentos reais).
- 2º e 3º lugar – Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
2) Poesias:
- 1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$1500,00 (Hum mil e quinhentos reais).
-2º e 3° lugar – Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
b) Categoria autores locais com idade entre 14 a 17 anos 11 meses e 29 dias:
1) Conto:
-1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$1500,00 ( Hum mil e quinhentos reais).
-2º e 3º lugar-Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
2) Poesia:
- 1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$1500,00 ( Hum mil e quinhentos reais). .
- 2º e 3º lugar – Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
c) Categoria autores locais com idade acima de 18 anos.
1) Conto:
-1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$3.000 (três mil reais).
-2º e 3º lugar-Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
2) Poesia:
- 1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$3.000 (três mil reais).
- 2º e 3º lugar – Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
d) Categoria autores não residentes em Barueri
1) Conto:
-1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$1.000,00 ( Hum mil reais).
- 2º e 3º lugar – Troféu, publicação da obra e 50 exemplares da publicação.
- Honra ao Mérito - Certificado
2) Poesia:
- 1º lugar – Troféu, publicação da obra, 50 exemplares da publicação e R$ 1.000,00 ( Hum mil reais).
- 2º e 3º lugar – Troféu, publicação da obra 50 exemplares da publicação.
-Honra ao Mérito - Certificado

25 de agosto de 2012

Antologia “100 palavras para deixar sem palavras”

No final de 2011, a Prefeitura de Americana promoveu o concurso literário “100 palavras para deixar sem palavras”, aberto a todo o estado de São Paulo, com o objetivo de estimular a criação literária.
A Secretaria de Cultura e Turismo, por meio da Biblioteca de Americana, desenvolveu o projeto e assumiu sua execução, posteriormente agregando o apoio da Editora Adonis, constante parceira em iniciativas culturais.
A divulgação, através do site da Biblioteca e de blogs especializados, resultou em mais de 100 trabalhos inscritos, provenientes de 38 municípios.
Em abril de 2012, a comissão de seleção definiu os quatro premiados e declarou mais quatro menções honrosas.
Esta antologia, resultado da criatividade dos escritores participantes, da curadoria conjunta do júri e da equipe organizadora, bem como do esmerado trabalho editorial da Adonis, documenta esses esforços em sua forma mais satisfatória: um livro.


Acesse o site da editora para fazer o download gratuito da obra:

24 de agosto de 2012

Resultado - 19º Concurso Histórias de Trabalho - Porto Alegre

Neste ano, o concurso Histórias de Trabalho bateu todos os seus recordes! Foram 248 inscrições válidas, somando 449 trabalhos entre textos reais, fictícios ou acadêmicos, poesias e imagens. Em sua 19ª edição, os jurados do Concurso Histórias de Trabalho selecionaram 45 trabalhos de participantes de todo o país, para a coletânea que será na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.
Parabéns aos selecionados!


Categoria HISTÓRIAS VERDADEIRAS

A Bordadeira :: Helena Sobral Arcoverde Kobarg
A Cozinha :: Jorge Alberto Pimentel Hoffmann
Apenas Mais um Dia de Trabalho :: Diego Araújo da Rosa Pereira
Assim Nasce um Trabalhador :: Valdir Aparecido dos Santos
Não Quero ir Para o Inferno :: Márcia Regina de Araujo Duarte
Os Mascates da Minha Infância :: Jacqueline Salgado
Sombrias Mansões :: Maria Zulma dos Santos Pedroso
Tia Maria :: Geni Oliveira
Trabalho, Infância e Educação: Ressignificando a Existência Passada e os Vestígios da Gaveta de Guardados :: Jailson Valentim dos Santos
Um Dia Difícil :: Dione Mariana de Vargas Tabarkiewcz


Categoria HISTÓRIAS INVENTADAS

6.261 Vagas de Emprego :: Rui Werneck de Capistrano
A Guerra :: Mariana Salomão Carrara
A quebradora de coco :: Helena Sobral Arcoverde Kobarg
Braço Mecânico :: Eduardo Ferreira Moura
Diário de classe :: Ubiratan Moreno Soares
Não vem Plastificado? :: André Luiz Bedin Ferreira
Ninguém :: Eduardo Ferreira Moura
O Décimo Terceiro Andar :: Danieli Moreira de Souza
O Delicado Trabalho de Consultório :: Lia Lira Olivier Sanders
O Penhor do Cabernet :: Athos Ronaldo Miralha da Cunha


Categoria POESIA

A Palavra Lavra :: Josafá Paulino de Lima
Dado em Vantagens :: Denise Martins Freitas
Linguagem e Semelhança :: Denise Martins Freitas
Na Lida :: Cristina da Costa
No Ato da Pausa :: Denise Martins Freitas
O Apanhador de Flores :: Ricardo José de Souza Almeida
O Oleiro :: Sônia Suzete Campaneli
O Pescador de Almas :: Elias Antunes
Oração do Trabalhador :: Ederson Sampaio Fogliarini
Sertanejo :: Luciano dos Santos Alves


Categoria FOTOGRAFIA

Bordando o Sustento :: Cristiano Wurdig Soares
Cortadoras de Cana :: Gutemberg Rodrigues Ostemberg
Entrelaçador Desconhecido :: Paulo Fernando dos Santos Machado
Entulho de Cores :: Gutemberg Rodrigues Ostemberg
Equilibrando :: Gutemberg Rodrigues Ostemberg
Estátua Aracnídea :: Cristiano Wurdig Soares
Muita Calma nessa Hora :: Cristiano Wurdig Soares
Panorama Visto do Poste :: Rejane Carreta Dominguez
Prazer da Colheita :: Cristiano Wurdig Soares
Reflexo e Cabelo :: Mônica Flávia Cardoso Carvalho


Categoria HISTÓRIAS EM QUADRINHOS/CARTUM

As Aventuras da Xicaninha: Trabalho & Identidade :: Ferhi Mahmood
Greve Geral :: Alcir Nicolau Pereira
Os Aviãozinhos :: Carlos Alberto Santos Pereira
Pianista :: Vicente Penteado Meirelles de Azevedo Marques
Trabalho Escravo :: Elmar José Silveira da Rosa Júnior


*Por decisão do júri, não houve nenhum trabalho selecionado na categoria Ensaio Acadêmico.


Fonte:

Edital:

22 de agosto de 2012

Resultado - XV Concurso de Contos Alípio Mendes


André Luís Soares
O MEDALHÃO


Alberto Moby Ribeiro da Silva
ALAMEDA O’HIGGINS


Diego César Soares Ribeiro
AS BROINHAS DO CONHECIMENTO


Renato Alves
NOSSO NATAL COM PAPAI


André Telucazu Kondo
A MÁSCARA


Marcos Eduardo Neves
A VIÚVA FELIZ


Antônio Roberto de Carvalho
HUMBERTO E LINDALVA


Rejane Maria dos G. Paschoal
MULHER CO MCHAPÉU INVISÍVEL


Thoshio Katsurayama
DOCINHO DE CÔCO


Sarah de Oliveira Passarella
A CONTADORA DE HISTÓRIA


Benedito Paulo Corrêa
O CONTO DO VIGÁRIO


Luciana Conde Rodrigues Maia
SINESTESIA


Fonte:
http://www.ateneuangrense.com.br/contos/15ccam.htm

Resultado - Concursos da Estância de Poesia Crioula

CONCURSO LITERÁRIO CRISTÓVÃO PEREIRA DE ABREU
TEMA: “TROPEIRISMO”
CATEGORIA PESQUISA HISTÓRICA
1º Lugar: Adilar Signori, de Canoas – RS
Obra: “O Tropeiro Francisco Pinto Bandeira”
2º Lugar: Paulo Gonçalves, de Porto Alegre – RS
Obra: “Tropeirismo – Início e fim de um ciclo”
3º Lugar: Carlos Eugênio da Costa Silva, de Pelotas – RS
Obra: “O legado das tropeadas”

Comissão Avaliadora: Francisco Pereira Rodrigues, Dilmar Paixão e Paulo Roberto de Fraga Cirne


CATEGORIA POESIA
1º Lugar: Alberto Sales, de Caxias do Sul – RS
Poema: “De pouso e estrada”
2º Lugar: Sebastião Teixeira Corrêa, de Caxias do Sul – RS
Poema: “Quando a tropa perde um centauro”
3º Lugar: Ari Pinheiro, de Florianópolis – SC
Poema: “Desafiando agosto”

Comissão Avaliadora: Léo Ribeiro de Souza, Norberto Castro e Cristiano Ferreira


CATEGORIA TROVA LITERÁRIA
1º Lugar: Sebastião Teixeira Corrêa, de Caxias do Sul – RS
2º Lugar: Cleomar Brasil, de Nova esperança do Sul – RS
3º Lugar: Pedro Junior da Fontoura, de Bento Gonçalves – RS

Comissão Avaliadora: A cargo da UBT – Coordenador Flávio Stefani (Porto Alegre)
Gisele Bueno Pinto (Dom Pedrito); Clênio Borges (Porto Alegre) e Alice Brandão (Caxias do Sul)


CONCURSO DE POESIAS TAVEIRA JÚNIOR
1º Lugar: Luis César Soares, de Gravataí – RS
Poema: “Tributo a memória de um carreteiro”
2º Lugar: Augusto César Brasil, de Canoas – RS
Poema: “Sou Rio Grande”
3º Lugar: Gargione Ávila, de Rio Grande – RS
Poema: “O silêncio das guitarras”
4º Lugar: Rômulo Chaves, de Palmeira das Missões – RS
Poema: “Don’ Ana, o tempo e a bandeira”
5º Lugar: Otavio Geraldo Reichert, de Santo Ângelo – RS
Poema: “Das lendas do sul… Hogaraitai ”

Comissão Avaliadora: Léo Ribeiro de Souza, Cristiano Ferreira e Agenor de Mello Coelho


CONCURSO DE CONTOS ALCIDES MAYA
1º Lugar: Juarez Nunes da Silva, de Caxias do Sul – RS
Conto: “A Rádio Mamangava”
2º Lugar: Gilney Muñoz Braz, de Curitiba – PR
Conto: “Seu Ayres”
3º Lugar: Leandro de Araújo, de Esteio – RS
Conto: “Respeito”
4º Lugar: Quatro autores: Antônio Cândido de Azambuja Ribeiro, de Santa Maria – Athos Ronaldo Miralha da Cunha, de Santiago – Tânia Lopes, de Itaqui e Vitor Biasoli, de Pelotas
Conto: “Cancha reta”
5º Lugar: Jurema Chaves, de São Leopoldo – RS
Conto: “O vento, o menino e as pandorgas”

Comissão Avaliadora: Sidnei Azambuja, José Machado Leal e Danci Ramos


CONCURSO DE TROVAS LITERÁRIAS JOSÉ BARROS DE VASCONCELLOS
- TEMA: “EXEMPLO”
CATEGORIA ESTADUAL
1º Lugar: Milton Sebastião Souza, de Porto Alegre – RS
2º Lugar: Wilson Tubino, de Porto Alegre – RS
3º Lugar: Ialmar Pio Schneider, de Porto Alegre – RS
4º Lugar: Delcy Canalles, de Porto Alegre – RS
5º Lugar: Sebastião Teixeira Corrêa, de Caxias do Sul – RS

Comissão Avaliadora: A cargo da UBT – Coordenador Flávio Stefani (Porto Alegre)
Luiz Carlos Abritta (Belo Horizonte); Elizabeth Souza Cruz (Nova Friburgo); Gisele Bueno Pinto (Dom Pedrito); Maurício Friedrich (Curitiba) e Alice Brandão (Caxias do Sul)


CATEGORIA NACIONAL
1º Lugar: Wandira Fagundes Queiroz, de Curitiba – PR
2º Lugar: Darly O. Barros, de São Paulo – SP
3º Lugar: José Ouverney, de Pindamonhangaba – SP
4º Lugar: Darly O. Barros, de São Paulo – SP
5º Lugar: Olympio da Cruz Simões Coutinho, de Belo Horizonte – MG

Comissão Avaliadora: A cargo da UBT – Coordenador Flávio Stefani (Porto Alegre)
Luiz Carlos Abritta (Belo Horizonte); Elizabeth Souza Cruz (Nova Friburgo); Gisele Bueno Pinto (Dom Pedrito); Maurício Friedrich (Curitiba) e Alice Brandão (Caxias do Sul)


Fonte:

30.11.2012 - V Prêmio Canon de Poesia

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Inscrições pela Internet

Premiação:
I) Publicação em antologia (10 exemplares para cada autor)

Prazo: 30 de Novembro de 2012


Fonte:
http://www.concursosliterarios.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=419&friurl=:-V-Premio-Literario-Canon-de-Poesia-2012-:


Organização:
Canon e Grupo Editorial Scortecci

Informações e Dúvidas:
premiocanon2012@concursosliterarios.com.br


Regulamento:
O concurso cultural denominado V Prêmio Literário Canon de Poesia 2012 é promovido pela Canon do Brasil Ind. e Com. Ltda, pessoa jurídica estabelecida na Cidade de São Paulo, inscrita no CNPJ sob o nº 046.266.771/0001-26, pela Fábrica de Livros, selo editorial do Grupo Editorial Scortecci, para autores brasileiros, maiores de 16 anos, residentes no Brasil.

Tem por objetivo descobrir novos talentos, promover a literatura e difundir a impressão digital de livros no Brasil. Este concurso é exclusivamente de cunho cultural, sem qualquer modalidade de sorte ou pagamento pelos concorrentes, estando aberto à participação de todos que assim o desejarem, sendo promovido pela empresa de acordo com a Lei n. 5768/71 e Decreto 70.951/72.

REGULAMENTO

Ao fazer a inscrição, o Autor estará concordando com as regras do concurso, inclusive autorizando a publicação da obra em antologia e responderá por plágio, cópia indevida e demais crimes previstos na Lei do Direito Autoral.

O Autor poderá participar com apenas 1 (uma) POESIA, inédita, não publicada em livro (papel, eletrônico ou qualquer outro suporte), blog, site, facebook ou qualquer outra mídia existe, de no máximo cinco mil caracteres. Os trabalhos deverão estar em língua portuguesa, o que não impede o uso de termos estrangeiros no texto.
O tema é livre e a inscrição grátis.

A POESIA deverá ter obrigatoriamente um título. Não há necessidade de pseudônimo (nome literário).

Inscrições até 13 de agosto de 2012 a 30 de novembro de 2012, somente pela Internet através do site Concursos e Prêmios Literários.

Inscrições

A parceria Canon do Brasil e Grupo Editorial Scortecci escolherão uma Comissão Julgadora composta de três membros de renomado prestígio literário e uma Comissão Organizadora que resolverá os casos omissos deste regulamento, se houver.

PRÊMIO:

Publicação da obra em antologia do V Prêmio Literário Canon de Poesia 2012, selo editorial Fábrica de Livros/Scortecci, reunindo por ordem alfabética, 50 (cinquenta) POESIAS e seus AUTORES (minibiografia), conforme seleção e escolha irrevogável da Comissão Julgadora.

Características da obra: 1500 (mil e quinhentos) exemplares, formato 14 x 20,7 cm, com aproximadamente 100 páginas, ISBN e Ficha Catalográfica.

A obra NÃO será comercializada e sua venda proibida.

Os 50 (cinquenta) participantes escolhidos com as melhores POESIAS receberão como prêmio e a título de Direito Autoral, 10 (dez) exemplares da obra, além da divulgação e promoção da poesia pela Canon do Brasil pelo período de um ano em ações de Marketing e Propaganda.

Os livros de direito dos Autores Vencedores serão entregues no dia do lançamento da Antologia. Os que não puderem comparecer ao evento receberão seus livros pelo correio pela Canon do Brasil.

CRONOGRAMA:

- Inscrições: até 30 de novembro de 2012.
- Período de seleção: dezembro 2012 e janeiro 2013.
- Resultado: Fevereiro de 2013.
- Edição e Impressão da obra: março de 2013.
- Lançamento: Abril de 2013.

MAIS INFORMAÇÕES:

Inscrições somente pela internet através do link:
http://www.concursosliterarios.com.br/formulario.php?id=419


E-mail: premiocanon2012@concursosliterarios.com.br

Telefone: (11) 3032.1179.

21 de agosto de 2012

Resultado - Concurso de Poesia “Os Cem Anos do Gonzagão”

A Comissão Organizadora do I CONPOZAGÃO – Concurso de Poesia “Os Cem Anos do Gonzagão”, Prêmio “A Coroa do Rei”, promovido pelo Grupo União São Francisco, em homenagem aos “Cem Anos” de Luiz Gonzaga anuncia os vencedores da promoção.

A entrega dos prêmios será feita no próximo sábado, 18, a partir das 19:00 horas, na Comunidade São Francisco (Fazenda Cidade), município de São João do Rio do Peixe – PB, por ocasião do V FESMUZA – Festival de Músicas Gonzagueanas.

Os três vencedores são os seguintes:

1º Lugar - Sergio Bernardo - Nova Friburgo/RJ

2º Lugar - Erivaldo da Silva Nascimento - Belém/PA

3º Lugar - Maria Alda Oliveira - Iguatu/CE

20 de agosto de 2012

Reconhecimento

Fonte:


O XII Concurso Literário JI/ AEPTI bateu o recorde de participações, foram 183 obras participantes, de vários estados brasileiros.

Agradecemos à todos os participantes, os envolvidos em toda a organização do concurso, todos aqueles que ajudaram na divulgação e um agradecimento especial ao blog Concursos Literários (http://concursos-literarios.blogspot.com.br/) pela parceria.

Agora vamos aguardar ansiosamente o resultado, na primeira quinzena de setembro.

Atenciosamente,

--
AEPTI - Associação dos Escritores, Pintores, Poetas e Trovadores de Itatiba



Nós é que devemos agradecer a todos os organizadores de concursos literários por nos alimentarem com conteúdo e com oportunidades literárias! Mas é sempre bom ver um trabalho árduo sendo reconhecido...

Abraços,

Equipe do Concursos Literários




16 de agosto de 2012

Resultado - Concurso de Redações “Barão do Rio Branco – 100 anos”

A Fundação Alexandre de Gusmão e a Academia Brasileira de Letras (ABL) divulgam a lista com os vencedores do concurso de redações “Barão do Rio Branco – 100 anos”.

Conheça os vencedores do concurso, que buscou avaliar a capacidade de expressão escrita e o conhecimento dos estudantes sobre a vida e a obra de José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco, patrono da Diplomacia brasileira.

A cerimônia de premiação está prevista para o dia 28 de agosto, na sede da ABL, no Rio de Janeiro.


- Bruno de Gouvêa Marti Ferrão, Colégio Pedro II (Unidade Humaitá II), Rio de Janeiro;

- Lílian Morais Leite, CE – José de Anchieta, Maranhão;

- Arthur Almeida Campanha, Escola Estadual do Ensino Médio Professor José Veiga da Silva, Espírito Santo;

- Robson Lousa dos Santos, Instituto Federal de Goiás – Campus Uruaçu, Goiás;

- Beatriz Pêgo Damasceno, Colégio Pedro II (Tijuca), Rio de Janeiro;

- Patrícia Camargo de Sousa, Colégio Objetivo, Rondônia;

- João Lucas Ismael, Colégio Atenas, Minas Gerais;

- Maristela Cristina Gomes, Escola Estadual Marquês de Sapucaí, Minas Gerais;

- Devid Richer Araújo Coelho, Colégio Estadual Miguel Couto, Rio de Janeiro;

- Aléxia Duarte Torres, Escola Estadual do Ensino Médio Professor José Veiga da Silva, Espírito Santo.


Fonte:

15.10.2012 - Concurso de Contos do Portal Cranik

Informações:
a) Concurso de Contos
b) Literatura fantástica: terror, ficção científica ou fantasia
c) Inscrição por e-mail

Premiação:
I) Publicação de e-book com o 1º colocado

Prazo: 15 de Outubro de 2012


Fonte:
http://migre.me/acCLm


Organização:
Portal Cranik

Contato e Dúvidas:
ademir@cranik.com


Regulamento:
DATA DAS INSCRIÇÕES:
De 08/08/12 a 15/10/12

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO:
- Concurso Cultural válido apenas em território nacional e para escritores de nacionalidade brasileira.
- Será aceito apenas um (01) conto por autor, escrito em língua portuguesa.
- O conto deverá ser inédito. Contos já publicados, seja em livro impresso, e-book ou outro meio digital, serão descartados.
- Tamanho máximo de 15.000 (quinze mil) caracteres por conto, em fonte Arial ou Times tamanho 12 e em documento do word (arquivos PDF ou txt serão automaticamente descartados).

REGRAS PARA ENVIO DO CONTO:
- Num único e-mail, envie um arquivo doc do word contendo o título do conto, nome ou pseudônimo do autor, conto completo, minibiografia, e-mail, site ou blog (caso tenha).
- No assunto do e-mail escreva: Concurso Cultural Cranik
- Envie o arquivo para o e-mail: ademir@cranik.com com cópia para amigosdocranik@ig.com.br

PROCESSO DE SELEÇÃO:
- Após o dia 15/10/12, os trabalhos recebidos serão avaliados pelo escritor e ativista cultural Ademir Pascale.
- Três (03) contos serão selecionados, sendo 1º lugar, 2º lugar e 3º lugar.
- Os vencedores serão anunciados entre os dias 25/10/12 e 05/11/12 no blog http://www.odesejodelilith.blogspot.com , sendo anunciados também via Twitter (@ademirpascale) e Facebook (www.facebook.com/ademir.pascale).

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:
- Gênero: literatura fantástica: terror, ficção científica ou fantasia.
- Criatividade e Qualidade.
- Textos bem escritos.

PREMIAÇÃO:
- 1º Lugar: a produção de um e-book (arquivo PDF e Epub) elaborado por profissional, com capa exclusiva e diagramação (processo de elaboração: 01 mês).
A produção do e-book será elaborado em torno do conto vencedor e será divulgado nas redes sociais e via e-mail. O autor vencedor também será entrevistado e terá a sua entrevista publicada no Portal Cranik (www.cranik.com), assim como o e-book divulgado na página principal do site Divulga Livros (www.divulgalivros.org) e disponibilizado gratuitamente para download.

- 2º Lugar: menção honrosa.

- 3º Lugar: menção honrosa.

Observação: contos plagiados ou que incentivem a violência ou racismo, serão automaticamente descartados.

O simples ato de enviar sua inscrição para o concurso cultural Cranik significa que você concorda com todas as cláusulas deste regulamento. Caso não concorde, feche esta página. A premiação é pessoal e intransferível, e não pode ser trocada por valor pecuniário ou qualquer outro tipo de bem. Também não dá direito a ressarcimento, caso não seja utilizada no prazo estabelecido. Serão desconsiderados os e-mails que chegarem sem nome e sem arquivo anexado ou dados incompletos. Está vedada a participação dos funcionários e/ou parentes dos envolvidos. Concurso de caráter recreativo/cultural, conforme item 2 do artigo 3 da lei 5.768 de 20/12/71.

O intuito deste concurso cultural é o de promover e incentivar a literatura fantástica nacional.

15 de agosto de 2012

Bienal do Livro - Vale a pena?

por André Kondo

Ouvi pessoas dizendo que a Bienal do Livro de São Paulo já não é mais a mesma. Que o número de visitantes cai a cada biênio, que não vale mais a pena ir à Bienal, já que hoje é perfeitamente possível comprar livros pela internet, sem ter que pagar ingresso, enfrentar filas, lutar por uma vaga de estacionamento, etc, etc... Será?



Leia na íntegra o texto sobre a Bienal do Livro deste ano, do mais novo membro da equipe deste blog:

Resultado da Promoção Memórias Inventadas

Os textos selecionados pela promoção Memórias Inventadas são A Blitz, de Angelo Pessoa, A Iguaria, de José Flauzino Alves, e Virgílio, de Nalú Baptista de Souza.

Os exemplares autografados de Sagrada Família, romance de Zuenir Ventura, serão enviados para os vencedores e seus contos podem ser lidos agora no Portal Literal.


Fonte:
http://www.literal.com.br/destaque-principal/resultado-da-promocao-memorias-inventadas/

13 de agosto de 2012

30.09.2012 - 3º Prêmio TOC140 - Poesia no Twitter

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Inscrições pelo site e pelo Twitter

Premiação:
I) 1º: R$3.000 / 2º: R$2.000 / 3º: R$1.000
II) 1º, 2º e 3º: passagens e hospedagem para os cinco dias da FLIPORTO 2012
III) 1º ao 100º: publicação em antologia

Prazo: 30 de Setembro de 2012


Fonte:
http://www.fliporto.net/fliporto2012/noticias-2/3o-toc140-poesia-no-twitter-regulamento/


Organização:
Fliporto

Informações e Dúvidas:
webmaster@fliportodigital.net
http://twitter.com/fliportope


Regulamento:
O prêmio TOC 140 Poesia no Twitter tem o objetivo de incentivar a produção literária em mais um fenômeno da Internet, os microblogs. Constitui-se um desafio à criação por exigir, como resultado, concisão e beleza.

I – O Prêmio TOC 140 será outorgado aos 3 autores dos 3 melhores poemas editados e publicados com os 140 caracteres disponibilizados pelo Twitter para cada tweet. Pode participar deste concurso qualquer cidadão do mundo, desde que o texto seja escrito originalmente em Língua Portuguesa.

II – Das inscrições

1. As inscrições serão iniciadas no dia 13 de agosto e encerradas no dia 30 de setembro de 2012.
1.1 A inscrição antecipada é obrigatória e deverá ser feita exclusivamente no formulário disponibilizado no www.fliporto.net.

2. Para validar definitivamente a inscrição, o então concorrente, caso ainda não seja nosso seguidor, deve passar a seguir-nos, de imediato: http://twitter.com/fliportope.
2.1 A partir desta etapa, o TOC140 passará a segui-lo também e a copiar (retwitter) seus poemas no nosso endereço. Não serão considerados poemas enviados por DM (mensagem direta).
3. Para garantir a seleção através de cópia (retwitter) do microblog do concorrente para o da Fliporto , os poemas deverão ser editados na página do concorrente anterior ou simultaneamente à data da inscrição. Poemas disponibilizados sem atendimento a essa exigência terão seu formulário de inscrição descartado.
4. O concorrente só terá possibilidade de efetuar sua inscrição uma única vez, portanto, é importante, antes de enviá-la, certificar-se das informações corretas.

III – Da edição dos poemas/ tweets e pré-seleção

1. Cada concorrente só poderá apresentar para pré-seleção 5 poemas/tweets, previamente enviados também pelo formulário de inscrição.
2. Todas os 5 poemas/tweets só serão considerados concorrentes , selecionados e copiados para a página /fliportonet, se, ao final, identificarem-se com a palavra #TOC em letras maiúsculas (fonte em caixa alta) com #hashtag (recurso do Twitter que facilita a seleção do texto que você enviou para concorrer ao prêmio).
3. Recomenda-se usar a convenção literária que determina utilizar, quando o poema é escrito continuamente: duas barras ao final do título e uma ao final de cada verso.

Exemplo:
PÃO AO ESPÍRITO// o pintor anônimo comenta com desdém: / – natureza morta / não enche a barriga de ninguém. #TOC
(Andre Luis Gabriel. @gabriel_andre , TOC140 2010)

4. O inscrito concorrerá com 5 poemas, mas só terá direito a uma das colocações: ou o primeiro ou o segundo ou o terceiro lugar, como também um único poema para a antologia, caso se classifique entre os 100 melhores.
5. A comissão organizadora do TOC140 é livre e soberana em todas as etapas do concurso inclusive o da pré-seleção dos poemas enviados. O concorrente ficará a par da pré-seleção de seus poemas acessando @fliportope .

IV – Etapas finais

1. A partir do dia 1º. de outubro não serão mais validadas quaisquer inscrições que não tenham cumprido as exigências descritas neste regulamento.
2. No dia 5 de outubro, serão anunciados os 100 poemas classificados para a antologia OS CEM MELHORES POEMAS DO TOC140 2012 e, entre eles, os 10 classificados para votação on line, que definirá os três primeiros colocados a serem premiados.
3. Os 10 finalistas serão submetidos à votação on line, do dia 6 ao dia 10 de outubro, em página a ser divulgada antecipadamente pela coordenação do TOC140.
4. No dia 11 de outubro serão divulgados oficialmente os vencedores.

V – Dos critérios de avaliação

1. Os poemas enviados serão avaliados pelo seu grau de poeticidade caracterizado, fundamentalmente, pelo ritmo, sonoridade e outros recursos intrínsecos à criação literária, originalidade e correção da linguagem.
2. A Comissão Julgadora será responsável pela pré-seleção, classificação dos 100 poemas e, entre eles, dos 10 finalistas.
2.1 As decisões da Comissão Julgadora serão irrevogáveis e irrecorríveis.
3. A votação on line definirá a classificação dos 3 vencedores a serem premiados, entre os 10 finalistas selecionados pela Comissão Julgadora.

VI – Da composição do júri

O TOC140 – Poesia no Twitter – terá dois júris: um composto por três membros especializados em literatura, especialmente a literatura divulgada no meio digital, e um popular, entendido aqui como a votação on line, acessível a todos os internautas.

VII – Da premiação

1. Os 100 (cem) classificados participarão da coletânea OS CEM MELHORES POEMAS DO TOC140 e terão direito a 1 exemplar da publicação.
2. Os 10 classificados para votação on line terão direito a 2 (dois) exemplares da coletânea.
3. Aos três primeiros colocados, além dos exemplares da antologia, serão concedidos os seguintes prêmios:
a) Primeiro lugar: R$3.000,00 (três mil reais), passagens e hospedagem para os cinco dias da FLIPORTO 2012, um KIT da Fliporto 2012 e livre acesso a todas as palestras.
b) Segundo lugar: R$2.000,00 (dois mil reais), passagens e hospedagem para os cinco dias da FLIPORTO 2012, um KIT da Fliporto 2012 e livre acesso a todas as palestras.
c) Terceiro lugar: R$1.000,00 (mil reais), passagens e hospedagem para os cinco dias da FLIPORTO 2012, um KIT da Fliporto 2012 e livre acesso a todas as palestras.
4. Os prêmios e os exemplares da coletânea serão entregues em cerimônia transmitida ao vivo, no dia 18 de novembro de 2012, em local a ser definido e divulgado pela coordenação do TOC140.

VIII – Das disposições gerais

1. A inscrição, independente de qualquer outro documento, significa plena aceitação do concorrente quanto aos termos e normas deste Regulamento, bem como a cessão de direitos autorais dos poemas concorrentes, ficando a Carpe Diem Edições e Produções e a Editora Fliporto autorizadas a reproduzirem os poemas participantes ou parte deles, em qualquer lugar, tempo ou meio de comunicação, com a devida identificação de seus autores.
2. O concorrente do TOC140 assume toda a responsabilidade, nos termos da lei, pela originalidade, autenticidade e autoralidade do poema enviado para disputa do prêmio, não respondendo a comissão da FLIPORTO, a Comissão Organizadora e os jurados por reclamações de terceiros, a qualquer título e a qualquer tempo.
3. As decisões dos jurados são definitivas e irrecorríveis, não havendo reavaliação ou revisão das decisões proferidas.
4. Os casos não previstos neste Regulamento serão resolvidos pela curadoria da FLIPORTO.

Antônio Campos
Curador da Fliporto

Cláudia Cordeiro
Coordenadora do Prêmio TOC140
webmaster@fliportodigital.net
Fone: 81 9625.5104


CRONOGRAMA

11.agosto – Regulamento no site da Fliporto.
13.agosto – Abertura das inscrições.
30.setembro – Encerramento das inscrições.
5.outubro – Resultado da seleção dos 100 autores selecionados para a antologia OS CEM MELHORES DO TOC140 e, dentre eles, os dez (10) para votação final (inscritos até 30 de setembro).
6 a 10 de outubro – Votação on line.
11.outubro – Divulgação do resultado da votação on line.
18 de novembro – Todos os prêmios serão entregues no encerramento da Fliporto, na já tradicional FESTA DE PRÊMIOS, que ocorre no último dia da Festa: 18 de novembro de 2012.


Formulário de Inscrição:
http://www.fliporto.net/fliporto2012/3toc-140/

11 de agosto de 2012

08.10.2012 - Concurso de Poesias da Associação Cultural DRACA

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Voltado a cidadãos portugueses
c) Tema: "O Desassossego da Mente"
d) Inscrição por e-mail

Premiação:
I) Edição de um livro de poesias
II) Livros

Prazo: 8 de Outubro de 2012


Fonte:
http://www.luso-poemas.net/modules/newbb/viewtopic.php?topic_id=3475&forum=22#ixzz22WCgOVNM


Organização:
Associação Cultural DRACA

Informações e Dúvidas:
draca.ac@gmail.com


Regulamento:
1 - A Associação Cultural DRACA promove a Segunda Edição do Concurso de Poesia , subordinada ao tema "O Desassossego da Mente", com o objectivo de estimular a actividade criadora e sensibilizar a comunidade para o real valor das artes em geral.

2 - Só serão considerados trabalhos poéticos que, implicitamente, abordem a temática das artes, em toda a sua abrangência.

3 - A este concurso podem candidatar-se todos os cidadãos Nacionais, com idade igual ou superior a 18 anos, residentes no Continente e Arquipélagos da Madeira e Açores.

4 - Os poemas devem ser inéditos, em língua portuguesa, impressos em folha A4, letra Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5.

5 - Os trabalhos a concurso devem ser enviados, apenas assinados com pseudónimo, para o email:

draca.ac@gmail.com

Num segundo email, os concorrentes deverão apresentar os dados pessoais - Identificação (nome), Pseudónimo usado, Títulos dos trabalhos (até 2), Nº telemóvel e e-mail.

6 - A data limite da recepção dos trabalhos será até dia 8 de Outubro de 2012.

7- Cada concorrente só poderá participar com o máximo de 2 poemas.

8 - Os trabalhos serão analisados por um júri constituído por 2 elementos ligados às artes.

9 - Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados e até cinco Menções Honrosas.

10- Os premiados com os três melhores trabalhos ou com eventuais menções honrosas, serão informados individualmente.

12 - A decisão do júri quanto aos autores premiados, será tornada pública, sem ordem de atribuição, a partir de 15 de Outubro de 2012.

13 - A Cerimónia de Entrega dos Prémios realizar-se-á no dia 27 de Outubro de 2012, pelas 15.00 horas, na Biblioteca Municipal de Palmela, no Largo do S. João, em Palmela.

Quaisquer dúvidas, pedidos de esclarecimentos adicionais, ou patrocínios, favor contactar:
draca.ac@gmail.com

Patrocínios:

1º Prémio
- Edição gratuita de 1 livro de poesia (Oferta da Editora "Temas Originais")
- 2 Livros (Oferta da Editora "Temas Originais")
- 1 Troféu (Oferta da Draca)
- 1 Livro de Poesia "Poemas em Glosa" - Oferta do poeta António Boavida Pinheiro

2º Prémio
- 2 Livros (Oferta da Editora "Temas Originais")
- 1 Troféu - Oferta da Draca
- 1 Livro de Poesia "Poemas em Glosa" Oferta do Poeta António Boavida Pinheiro
- 1 conjunto de 3 garrafas de Merlot, Aragonês e Syrah- Touriga Nacional (Oferta da Casa Ermelinda Freitas)

3º Prémio
- 1 Livro (Oferta da Editora Temas Originais"
- 1 Troféu - Oferta da Draca
- 1 Livro de Poesia "Poemas em Glosa" Oferta do Poeta António Boavida Pinheiro

Menções Honrosas
1 conjunto de 3 garrafas de Merlot, Aragonês e Syrah- Touriga Nacional (Oferta da Casa Ermelinda Freitas)

Apoios
Câmara Municipal de Palmela
Junta de Freguesia de Palmela

10 de agosto de 2012

30.09.2012 - 3° Concurso de Poesias Gaúchas

Informações:
a) Concurso de Poesias
b) Com temas

Prazo: 30 de setembro de 2012


Fonte:
http://www.estanciadapoesiacrioula.com.br/noticia/90/3-concurso-de-poesias-gauchas-exaltando-o-rio-grande-lirico


Organização:
Esatância da Poesia Crioula

Informações e Dúvidas:
chasque@estanciadapoesiacrioula.com.br;


Regulamento:
A Estância da Poesia Crioula torna público que estão abertas as inscrições para os Concursos de Poesia Exaltando o Rio Grande e Rio grande Lírico.

Regulamento
Inscrições gratuitas, abertas até 30 de Setembro de 2012;
O Concurso "Exaltando o Rio Grande" terá como tema o Homem Gaúcho, seu meio e seus feitos.
O Concurso "Rio Grande Lírico" terá como tema o romantismo Gaúcho - rural e urbano.

As poesias deverão ser inéditas, rimadas ou não, sem limite de versos ou linhas.

Serão aceitas inscrições apenas via internet, exclusivamente pelo seguinte e-mail:
chasque@estanciadapoesiacrioula.com.br;

Nos trabalhos deverá constar apenas o pseudônimo do autor;

Em anexo deve ser enviado documento constando, para fins de contato: Nome do autor, endereço, telefone convencional, telefone celular e e-mail;

Cada autor poderá concorrer com até dois trabalhos no concurso;

Os trabalhos serão julgados pela comissão especializada, indicada pela instituição promotora do concurso, sendo soberana em suas decisões;

Premiação

Os trabalhos classificados em 1°, 2° e 3° lugares, receberão Troféu e Medalha. Os trabalhos selecionados entre 4° e 5° receberão medalha;

Os resultados serão proclamados e os prêmios conferidos em solenidade especial, em Porto Alegre, durante o mês de novembro de 2012.

9 de agosto de 2012

Homenagem aos "Poemas no Ônibus"


Há concursos literários que resultam na publicação de livros, outros em e-books, publicações em blogs, jornais e revistas, em sacos de pão e em varais poéticos. Em meio a essa variedade de projetos, destacam-se também os concursos que levam as poesias para os espaços públicos e, em especial, o transporte público, através da adesivagem de ônibus, pontos de ônibus, trens, metrôs, etc.

Em Porto Alegre, cidade na qual é realizado o Concurso Poemas no Ônibus e nos Trens, que já chega a sua 21ª edição, o escritor Milton Júnior criou uma página para homenagear não apenas o concurso de sua cidade, mas também outros que seguem o mesmo modelo:
 https://www.facebook.com/poemasnoonibus

Esperamos que sirva de incentivo para que outras prefeituras e secretarias de cultura tomem iniciativas semelhantes, pois, apesar dos ônibus andarem um tanto apinhados de gente, não há lugar em que não caiba um bom poema.

15.09.2012 - Concurso de Poesia e Fotografia "Um olhar sobre o ecoturismo de Caçapava do Sul"

Informações:
a) Concurso de Poesias (e fotografia)
b) Publicação em calendários

Prazo: 15 de Setembro de 2012


Fonte:
https://docs.google.com/open?id=0B_XQuRQ8D5iCRk95di0tcDlRaTA


Organização:
Casa do Poeta Capocaça

Informações e Dúvidas:
casadopoetacacapavano@hotmail.com


Regulamento:
Disponível no link abaixo e não pode ser recortado e colado:
https://docs.google.com/open?id=0B_XQuRQ8D5iCRk95di0tcDlRaTA

Projetos - Um poema em cada árvore - Mobilização Nacional

APRESENTAÇÃO

O presente edital tem o objetivo de estabelecer critérios para a uniformização de procedimentos para a realização do Um poema em cada árvore em diversas cidades brasileiras.

O Um poema em cada árvore é uma iniciativa de incentivo à leitura realizada desde agosto de 2010 na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais.
Idealizada pelo poeta Marcelo Rocha e realizada pelo Instituto Psia, a iniciativa caracteriza-se por utilizar as árvores como suporte para a leitura, pendurando mensalmente poemas de poetas desconhecidos do grande público nos oitis valadarenses.
Esta foi uma forma encontrada para construir novos espaços de fruição poética, ampliar o acesso da população à poesia e colocar o trabalho de poetas anônimos em contato com novos públicos.

O Um poema em cada árvore foi uma das iniciativas premiadas com o Prêmio Vivaleitura 2011, concedido pela OEI - Organização dos Estados Ibero-Americanos, Ministério da Cultura, Ministério da Educação e Fundação Santillana.
A repercussão nacional do projeto somada à sua característica pioneira e de fácil replicação permitiu que diversos poetas, educadores, agentes culturais e sociais brasileiros manifestassem interesse em realizar o Um poema em cada árvore em suas cidades.

Ao encontro dessas maravilhosas manifestações será realizado no Dia da Árvore (21 de setembro) o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) em diversas cidades brasileiras, constituindo assim uma rede de poetas e agentes culturais mobilizados em fomentar ainda mais as intenções do projeto no que refere à conquista de novos espaços de fruição poética, ampliação do acesso da população à poesia, divulgação do trabalho de poetas desconhecidos do grande público e elevação do índices de leitura em nosso país.


DAS CARACTERÍSTICAS DO UM POEMA EM CADA ÁRVORE (MOBILIZAÇÃO NACIONAL)

- O Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) será composto de até 25 (vinte e cinco) poemas, sendo 15 (quinze) poemas selecionados pelo Instituto Psia e até 10 (dez) poemas de poetas locais escolhidos pelo Articulador Local.
- Os 15 (quinze) poemas selecionados pelo Instituto Psia serão pendurados em todas as cidades participantes.
- Os poemas dos poetas locais, escolhidos pelo Articulador Local, participarão apenas da iniciativa em suas respectivas cidades.
- Os poemas deverão ser impressos em papel reciclado e pendurados nas árvores conforme procedimento adotado pelo Instituto Psia na cidade Governador Valadares/MG.
- Em cada impressão constará o poema, o nome do poeta, a cidade do poeta participante, o blog ou site do poeta, o nome do idealizador do Um poema em cada árvore, a logomarca do projeto, o nome do Instituto Psia (Coordenador Nacional) e o nome do Articulador Local.
- O Um poema em cada árvore é uma ação de baixo custo, fácil replicação, em que todas as despesas inerentes à impressão, barbante, grampo, tesoura e grampeador totalizam a quantia de 10,00 (dez reais).


DAS OBRIGAÇÕES DOS ARTICULADORES LOCAIS

1 – O Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) deverá ocorrer obrigatoriamente no Dia da Árvore (21 de setembro de 2012).
2 – Caberá ao Articulador Local de cada cidade:
- Escolher um local de acesso gratuito em que os poemas serão pendurados nas árvores.
- Organizar e divulgar localmente a iniciativa.
- Custear as despesas necessárias à realização da iniciativa em sua cidade, tais como impressão, barbante, tesoura, grampo e grampeador.
3 - Por ser uma ação de baixo custo é vedada a vinculação de patrocinadores ao projeto Um poema em cada árvore. Entretanto, o articulador local poderá realizar atividades de incentivo à leitura paralelas ao evento (oficinas, debates, palestras, exposições, feiras), podendo a essas atividades vincular patrocinadores.
Ressaltamos que a vinculação de patrocinadores ao projeto Um poema em cada árvore só é permitida através da realização de um Intercâmbio Cultural mediante Termo de Parceria com o Instituto Psia, com regulamento próprio, formato e critérios distintos dos apresentados neste presente edital.
4 – O Articulador Local deverá encaminhar os poemas selecionados para o email contato@institutopsia.org até o dia 12 de setembro, digitados em arquivo formato WORD, fonte arial, tamanho 16.
5 - Após a realização do evento, o Articulador Local se compromete a enviar para a Coordenação Nacional um relatório contendo:
- Clipping de material de divulgação e matérias na imprensa sobre a ação (internet, jornais, revistas).
- Fotos dos poemas pendurados nas árvores.


DAS OBRIGAÇÕES DA COORDENAÇÃO NACIONAL DO EVENTO

1 – Seleção dos 15 poemas que serão pendurados em todas as cidades participantes do Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional).
2 - A Coordenação Nacional se compromete a fornecer aos articuladores inscritos os seguintes itens:
- Arquivo em PDF com os poemas diagramados e prontos para impressão.
- Release e fotos para divulgação.
- Passo a passo com os procedimentos para a montagem das lâminas a serem penduradas nas árvores.
3 - A Coordenação Nacional orientará os articuladores locais a respeito do cronograma e plano de trabalho.


DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1 - O Articulador Local poderá ser tanto pessoa física (poetas, escritores,agente cultural, educador, agente social) quanto pessoa jurídica (ONG, associação e cooperativa) e grupos informais (coletivos) de cunho cultural, social e ambiental.
2 - Caso 02 (dois) ou mais interessados se candidatem a realizar o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) em uma mesma cidade, o Instituto Psia selecionará apenas 01 (um) Articulador Local e indicará o candidato não-selecionado ao Articulador Local para que possa contribuir de alguma forma com a realização do evento. Ressaltamos que na escolha dos articuladores locais terão prioridade pessoas que ao longo da existência do projeto Um poema em cada árvore manifestaram interesse em realizar esta iniciativa de incentivo à leitura em sua cidade.
3 - O articulador interessado em realizar o Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) em sua cidade deverá manifestar o interesse até o dia 30 de agosto de 2012 através do preenchimento de formulário online por meio do endereço eletrônico: www.institutopsia.org (Clicar no link “Mobilização Nacional”).
4 - O ato de preenchimento do formulário representa ciência e concordância com o edital, suas disposições, bem como o comprometimento com a veracidade das informações ali prestadas e, também, significará que o Articulador Local irá se comprometer a realizar a ação em sua cidade.
5- O Articulador Local, indicado no formulário de inscrição, é o responsável pela realização do Um poema em cada árvore (Mobilização Nacional) na cidade inscrita e se compromete a não usar o evento de forma indevida, assim como sua marca para fins não previstos neste regulamento.


Fonte: